A Tecnisa informou que sua controlada Brest Investimentos Imobiliários celebrou com a CPE (Companhia de Participações e Empreendimentos) acordos para encerrar processos judiciais.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:TCSA3), nesta quinta-feira (27). Confira o comunicado na íntegra.

Os processos estão relacionados às discussões da Brest e da CPE a respeito da aquisição, pela Brest, de um terreno em São Paulo. A Brest ajuizou a ação pedindo que fosse reconhecida a perda do objeto das escrituras firmadas entre as partes relacionadas à aquisição do terreno.

Os processos são considerados relevantes pela Tecnisa em virtude do valor envolvido e a perspectiva era de chance provável de perda da Brest.

“Conforme análises mais recentes conduzidas junto aos assessores jurídicos externos da companhia, não obstante existam recursos pendentes, as chances de reversão das decisões são mínimas”, afirmou a Tecnisa.

O acordo envolve valor total de R$ 107 milhões.

O terreno em questão faz parte do banco de terrenos da Tecnisa.

“Espera-se que a celebração do acordo tenha impacto negativo da ordem de R$ 42 milhões nos resultados da companhia. Com a implementação do acordo, os processos judiciais são encerrados para as partes. A administração da companhia entende, com base no parecer de assessor externo, que a celebração do acordo é benéfica para a companhia”, afirmou a Tecnisa em um fato relevante enviado ao mercado.

Tecnisa (TCSA3): prejuízo líquido de R$ 26 milhões no 1T21, alta de 55%

A incorporadora Tecnisa teve prejuízo líquido de R$ 26 milhões no primeiro trimestre de 2021, uma melhora de 55% em relação ao prejuízo líquido de R$ 58 milhões no primeiro trimestre de 2020.

receita líquida nos três primeiros meses do ano totalizou R$ 33 milhões, redução de 26% em relação aos primeiros três meses de 2020.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – foi negativo em R$ 10,56 milhões, ante R$ 50,58 milhões de perda no mesmo período do ano passado.

A Tecnisa registrou margem bruta de 16,4%, ante os 16,5% negativos do primeiro trimestre do ano passado. Segundo o diretor financeiro e de relações com investidores, Flávio Vidigal de Capua, a tendência é que as margens sejam mantidas.

Quando possível, a companhia está antecipando a compra de materiais de construção.

A Tecnisa está buscando novo local para a instalação de sua sede. A intenção é reduzir os custos de aluguel em relação aos da avenida Faria Lima, na zona Sul de São Paulo, onde está instalada.

TECNISA ON (BOV:TCSA3)
Historical Stock Chart
From Jun 2021 to Jul 2021 Click Here for more TECNISA ON Charts.
TECNISA ON (BOV:TCSA3)
Historical Stock Chart
From Jul 2020 to Jul 2021 Click Here for more TECNISA ON Charts.